Cannabis Medicinal e Sistema Endocanabinoide

A descoberta do Sistema Endocanabinoide

Antes de descobrir o sistema endocanabinoide, Raphael Mechoulam, considerado pai da Cannabis Medicinal, descobriu os canabinoides THC e o CBD, principais substâncias ativas da planta Cannabis. Sabendo que os canabinoides interagiam com o corpo humano, ele passou a estudar como acontecia esse processo. Nos anos 90, Mechoulam e sua equipe descobriram o sistema endocanabinoide em nosso corpo. Essa descoberta foi realizada depois de 30 anos da constatação de existência do THC e CBD.

 

O que é e como funciona o Sistema Endocanabinoide?

Dentre as substâncias ativas da Cannabis denominadas canabinoides, as mais conhecidas são o delta-9-tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD). Com o avanço das pesquisas, foi possível descobrir receptores canabinoides em células humanas, o CB1 e o CB2, presentes tanto no sistema nervoso central como no sistema nervoso periférico.  Os canabinoides externos derivados da Cannabis se ligavam a esses receptores. Os receptores CB1 predominam no sistema nervoso central, já os receptores CB2 predominam nas células e tecidos do sistema imunológico.

Esse novo sistema do metabolismo humano foi chamado de Sistema Endocanabinoide, composto pelos endocanabinoides, receptores canabinoides  e enzimas metabólicas.

Apesar de todas as influências externas e mutações genéticas que poderiam alterar as condições do nosso organismo, ele se mantém em equilíbrio interno, processo conhecido como homeostase devido ao sistema endocabinoide, responsável por diversos processos biológicos, como a comunicação neural, sinalização celular e atua em diferentes tecidos e órgãos.

O sistema endocanabinoide é constituído por endocanabinoides (eCBs), anandamida (AEA) e 2-araquidonoilglicerol (2-AG), que ligam-se aos receptores CB1 e CB2. A anandamida atua como agonista parcial de CB1 e CB2, o 2-AG é um agonista pleno dos receptores.

 

Qual a relação do Sistema Endocanabinoide e os canabinoides CBD e THC?

Os receptores CB1 e CB2 presentes no sistema endocanabinoide são ativados pelos canabinoides CBD e THC , que liberam neurotransmissores no cérebro.

Estudos comprovam que os canabinoides podem auxiliar no tratamento de diversas doenças, dentre elas:

  • Epilepsia
  • Esclerose múltipla
  • Parkinson
  • Alzheimer
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Fibromialgia
  • Autismo
  • Osteoporose
  • Doenças gastrointestinais, entre outras.

 

O CBD e THC promovem mais saúde e qualidade de vida a esses pacientes através de suas propriedades medicinais, e consequentemente, melhora o equilíbrio do organismo, que é mantido graças ao sistema endocanabinoide.

Apesar de todos esses benefícios, infelizmente, o nosso corpo só é capaz de absorver em torno de 6% quando CBD e 8% quando THC. Isso se dá devido as moléculas dos canabinóides serem grandes e  lipofílicas (oleosas).  Então, para solucionar este problema e garantir uma máxima absorção, criamos a PowerNano ™ , uma tecnologia exclusiva da Thronus que  além de oferecer mais seguranças e eficácia nos tratamentos com Cannabis, ainda aumentou a absorção em até 10 vezes.

 

Já falamos por aqui sobre os produtos da Linha Bisaliv  e você deve estar se perguntando como eles podem oferecer um resultado tão superior para você.

Simples! Se você deseja adquirir toda a potência do CBD e/ou THC, entre em contato conosco  e saiba como!

 

Fonte: Cannabis e Saúde

Atenção!

O nosso numero de whatsapp está temporariamente indisponível.

Entre em contato pelo pelo novo número (11) 9 3061 8162 ou pelo e-mail [email protected]